CABARET MACABRO

Três actores, três músicos, uma personagem discreta, mas omnipresente: a morte.

 

CABARET MACABRO, antes de ser uma peça, é um processo. Um processo ancorado na revisitação da estrutura e motivos do cabaret, um processo de desmontagem e de bricolage com uma forte componente de perspectivação da realidade que nos rodeia. O que é moralmente correcto? O que é aceitável? Como é que a arte contemporânea reflecte o sistema de labirintos simultâneos a que parece corresponder o mundo actual? Cabaret Macabro navega entre o ridículo da grandiloquência das perguntas que ousa formular e a inocência infantil de responder a tudo como se fosse a primeira vez, indo e recuando nos seus próprios passos, modificando ligeiramente as questões sem perder de vista o motivo, como uma fuga de Bach.

 

Três actores, três músicos, uma personagem discreta, mas omnipresente: a morte. 

 

Ficha Técnica e Artística

texto VALÉRIO ROMÃO
encenação e espaço cénico MARTA LAPA
música original CARLOS BICA
interpretação CARLA GALVÃO | MARGARIDA CARDEAL | VITOR ALVES DA SILVA
músicos ao vivo CARLOS BICA |LUCIUS OMNIBUS |PEDRO MOURA
desenho de luz PAULO SANTOS
fotografia VALÉRIO ROMÃO
vídeo PEDRO MOURA
design gráfico LUISA PIRES BARRETO
operação técnica RICARDO BRITO DINIZ
direcção de produção RUY MALHEIRO

65ª produção ESCOLA DE MULHERES
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/16

 

CABARET MACABRO

espaço Escola de Mulheres [Clube Estefânia]

ESTREIA A 1 DE NOVEMBRO 2018

Dias 1, 2 e 3 de Novembro

e de 15 a 25 de Novembro

 [de 5ª a dom às 21h30]

 

 

 

Os comentários estão fechados