MarLeni – divas prussianas, loiras como aço (2015)

Local – Paris, 1992. Leni Riefenstahl (1902-2003) invade o quarto de Marlene Dietrich (1901-1992). Um encontro ficcionado de duas divas do Cinema em decadência. No seu apartamento de Paris, no leito de morte, Marlene Dietrich recebe a visita inesperada da realizadora Leni Riefenstahl, que lhe propõe o papel principal no filme que pretende dirigir: Pentisileia.
O texto da dramaturga alemã Thea Dorn propõe reflexões universais e atuais sobre a dignidade humana, a solidão e o sentido da vida. São duas mulheres fortes que se posicionaram opostamente durante um dos períodos mais conturbados do século XX – o Nazismo. Tiveram a glória e foram votadas ao esquecimento.

autoria THEA DORN
tradução e versão cénica JOÃO GROSSO | PATRICK DURRER
encenação JOÃO GROSSO
assistência de encenação MARTA LAPA
cenografia RUI ALEXANDRE
figurinos DINO ALVES
desenho de luz JOSÉ NUNO LIMA
desenho de som PEDRO COSTA | SÉRGIO HENRIQUES
adereços MARINEL MATOS
design gráfico SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL
fotografia RUI ALEXANDRE
produção executiva e operação de som RUY MALHEIRO
direção de produção, grafismo, fotografia e operação de luz MANUELA JORGE

com FERNANDA LAPA (Leni Riefenstahl) | IO APPOLLONI (Marlene Dietrich)

apoios
Paulo Vieira Cabeleireiros | Guerlain | Setmáquinas, Equipamentos Industriais, Lda.

Agradecimentos
Teatro Nacional D. Maria II, Gato Que Ladra, Associação Cultural, FROMM Packing Systems, Zália Moreira, Pedro Bilou, Visualight, Carla Pinho (produtos GUERLAIN)

 

espaço Escola de Mulheres (Clube Estefãnia), Lisboa
20 fevereiro a 8 março  2015

Teatro Municipal da Guarda
27 março 2015

 

 

Os comentários estão fechados