CICLO A MULHER E A ESCOLA DE MULHERES – 23º ANIVERSÁRIO ESCOLA DE MULHERES

23 anos após a criação da Escola de Mulheres – Oficina de Teatro, considerámos que seria a altura de fazer um balanço em forma Teatral (Performativa se se preferir) do trabalho desenvolvido e a desenvolver num futuro próximo. A questão da MULHER é central para esta Companhia – o nosso Manifesto de 8 de março de 1995 é claro – “Privilegiar o trabalho feminino em todas as vertentes do Teatro: Autorias, Intérpretes, Técnica. Privilegiar as questões do feminino através de textos que reflictam as questões que as afectam sem dar imagens estereotipadas das Mulheres”.

Para tal reservámos 3 dias sucessivos com entradas livres, desde 8 a 10 de Março de 2018 com o seguinte Programa:

Dia 8 de Março às 21H30Aniversário da Escola de Mulheres

  • Lançamento do Catálogo dos 23 anos da Companhia
  • Apresentação de um PowerPoint com fotografias das produções da companhia ao longo destes 23 anos
  • Exibição do vídeo do espectáculo da apresentação pública da Companhia e do seu Manifesto no dia 8 de março de 1995
  • Leitura Encenada de Cheias de Graça de Isabel Medina com Rafaela Covas, Lucinda Loureiro e Isabel Medina
  • Colóquio sobre o Dia Internacional da Mulher e a situação da Mulher no Teatro, com a participação da dirigente do Movimento Democrático de Mulheres, Isabel Cruz e de várias mulheres e homens de Teatro como Lucinda Loureiro, Mafalda Santos, Sofia de Portugal, Margarida Marinho, Jorge de Silva Melo, entre outros.

Dia 9 de Março às 21h30 – A Prostituição e o Tráfico de Mulheres.

  • Exibição do docudrama de Isabel Medina, com Produção da Escola de Mulheres Caçadores de Anjos.
  • Colóquio com Dirigentes da Associação O Ninho e uma representante do Movimento Democrático de Mulheres

Dia 10 de Março às 21h30 – A Mulher na Prisão/O Teatro

  • Exibição do Documentário de Luisa Pinto e Caroline Maia – Rompendo os Muros da Prisão. Trabalho Teatral realizado por Luísa Pinto no âmbito do seu Doutoramento, com reclusos e reclusas dos Estabelecimentos Prisionais de Santa Cruz do Bispo, com texto O Filho Pródigo de Helder Wasterlain e João Maria André e a colaboração de Actores Profissionais nos quais se inclui a Directora da Escola de Mulheres, Fernanda Lapa.
  • Colóquio com Luísa Pinto, Caroline Maia, Fernanda Lapa e o Professor Doutor João Maria André.

Os comentários estão fechados